13 de abril de 2012 Por: juliocesar

Uerly Queiroz diz: ‘‘Sou Peixinho pequeno no meio de tantos Tubarões’’

Em bate papo com a pré- candidata Uerli Queiroz do partido dos trabalhadores (PT) da Cidade de Timon, ela nós revela um pouco de sua simpatia em declarar sua pretensão dentro do Município. Em 2004 começou este sonho de conduzir suas ideias junto ao partido dos trabalhadores, buscando assim levar seu nome pra futuras pretensões [...]

(Encontro do PT local com Washington Luis em Teresina)

Em bate papo com a pré- candidata Uerli Queiroz do partido dos trabalhadores (PT) da Cidade de Timon, ela nós revela um pouco de sua simpatia em declarar sua pretensão dentro do Município. Em 2004 começou este sonho de conduzir suas ideias junto ao partido dos trabalhadores, buscando assim levar seu nome pra futuras pretensões politicas dentro do grupo. Em Bate Papo com o Jornalista e Radialista Júlio César, Uerly Queiroz solta toda a sua simpatia e humildade e fala conosco.

Júlio César – Em 2008 você colocou seu nome na campanha local, você estava preparada para enfrentar os dois grupos que já se encontrava?

Uerly Queiroz: Na verdade eu enxergava que a cidade precisava de um grupo novo, diferente, que não era do grupo do Socorro e nem do Luciano, e foi avaliando esta situação que decidimos juntar as forças, de toda a militância e colocar nosso nome, para que ele se tornasse uma nova alternativa. Pra isso não precisa de dinheiro para ganhar votos deste povo.

Júlio César – Sabemos que o PT hoje tem sua tese, qual a tese que você defende?

Uerly Queiroz: Defendemos-vos a tese de colocarmos o nosso nome novamente no cargo majoritário, eu particularmente não acredito que o PT continue sendo uma escada, uma escada para apoiar e ajudar eleger outros partidos. Eu acredito que o partido tem condições de Governar este Município, apesar de quem for eleito, terá muita coisa a se fazer.

Júlio César – Como você ver nosso município hoje?

Uerly Queiroz: Um verdadeiro descaso, nossa cidade hoje sofre, sofre com tantas coisas erradas, Timon passa hoje por um caos, um verdadeiro abandono por parte dos gestores deste Município. A cidade sofre com a falta D’água, falta de Saúde adequada para a população, Segurança Publica, na verdade um verdadeiro conjunto de comprometimento com a população.

Júlio César – Com seu nome nas pesquisas, você considera ser uma nova opção, fora estes dois grupos que aí estão?

Uerly Queiroz: Claro que sim, sem nem uma duvida alguma, e na verdade não deixa de ser uma grande responsabilidade que eu considero ser uma briga do TOSTÃO CONTRA O MILHÃ. Por que isso? Pelo simples fato da gente ser considerada um PEIXINHO PEQUENO que esta no meio dos TUBARÕES. E isso faz agente do PT considerar que a população está carente de Politicas Publicas.

Júlio César – Em consideração ao ano de 2008, num seria o PT uma 3° via de fato?

Uerly Queiroz: Com certeza que sim, como já mencionei naquela época tinha dois grupos políticos, o da família Waquim, e família Leitoa. E quando agente surgiu com o nome agente apareceu como o 3° grupo, e veie logo em seguida Nancy que era o 4° nome. Por isso pela logica a 3° Via começou com o PT.

Júlio César – E esta 3° Via que se implanta no municio agora, o que você acha?

Uerly Queiroz: Não sei se ainda dar pra falar em 3° Via, na verdade eu sempre sentia e muitos achavam que o nome que se propagava e tava sendo falado era o do vereador Jaconias, mas derepente surge o do Dep. Alexandre Almeida, mas toda vez que sentávamos pra conversar, eu sempre dizia para o Alexandre que era ele o candidato, mas ele desmentia dizendo ser o Jaconias.

Eu nunca acreditei, nesta 3° Via, e esta 3° Via idealizada pelo Alexandre e Jaconias, já esta batida demais e usada por demais. O que percebemos que a vinda de Roseana a Timon fez esta 3° Via se transformar em uma única Via uma Via única, a ser a 1° Via e a 3° Via juntas, tornando se uma única Via de Roseana Sarney. Infelizmente esta é a realidade, e a população vai deixar de olhar o local para olhar a instancia Estadual.

Júlio César – Como você enxerga o PT unido com o PMDB no nível de Estado, e como avaliar este Governo do Maranhão?

Uerly Queiroz: Na verdade foi uma união que dependeu da diretriz Nacional, mas isso cabe o PT da Capital fazer sua parte e não se envolver nos escândalos deste Governo que aí está. Por que este Governo da Família Sarney não  passa de um Governo de Opressão, de marginalização, um Governo que deixa as politicas publicas abandonada.

Júlio César – E o PT local, como fica se unir ao grupo da Prefeita Socorro?

Uerly Queiroz: Bem, a estrela maior do partido é quem defini, ela é maior do que qualquer pessoa, então está estrela é maior do que eu. Na verdade eu sou inferior à estrela do PT, ela é a maior. E diante desta grandiosidade que é o partido dos trabalhadores, que eu coloco meu nome a disposição do partido. Mas continuo a dizer quem define não sou eu, nem o professor Mauricio que é o presidente, nem os diretores do partido que é o Silmar ou a Dalva, quem vai definir é a militância.

Júlio César – Quantas tese existe hoje no PT local?

Uerly Queiroz: Existem duas teses, uma estar com o presidente do partido, o professor Mauricio, mas eu ainda não tive conhecimento do que se trata. Outra tese de forma bem clara é a nossa tese que defendemos que é de candidatura própria, uma candidatura majoritária.

Júlio César – Você pretende ser um dia candidata a vereadora?

Uerly Queiroz: Acho que não, mas é a estrela do partido quem vai definir, mas uma coisa é certa eu tenho um debito muito grande com a população de Timon, com nossos eleitores, e o anseio deles é de que agente saia dentro de uma candidatura majoritária. São dois pesos na balança; um vem de 2008 e o outro vem de 2010, por isso se torna um peso de determinação do partido. E este peso vai ser medido, e só assim iremos retornar a decisão que agente julga respeitando acima de tudo com muita coerência.

Júlio César – Professora Uerli, como você ver hoje Educação do Município?

Uerly Queiroz: Em poucas palavras um verdadeiro descaso, além da merenda escolar de péssima qualidade, descobriu muitas coisas irregulares na aquela casa, fato disso infelizmente por lei do fundebi não foi repassado os 60% que os professores deveriam receber. Este recurso deveria ser aplicado de fato, de uma forma que as prestações de 2011 de janeiro a novembro não foi repassado os 60%, somente em dezembro, repassaram os 70,10%.

Júlio César – Os vereadores que tem o papel de fiscalizar têm de fato conhecimentos desta denuncia?

Uerly Queiroz: Não sabemos, se eles sabem deste desvio, mas se sabem eles ficam calados, mas na verdade iremos repassar estas informações a todos eles, Iremos buscar a justiça através da promotoria, e é por isso que estamos criando um COMITÊ DA EDUCAÇÃO, para que possamos fiscalizar alguns descasos dentro da Educação, por que este comitê e de suma importância para a Educação de Timon.

Não podemos deixar de formalizar que a maioria dos vereadores é da base do Governo, é favorável que a população precisa mudar a câmera que aí estar. Enquanto estes que aí estão continuam nesta mesma linha, engessados sem fazer nada, o nosso município passa por tantas dificuldades, um município cheio de irregularidades e cheio de corrupções, desmandos e irresponsabilidades.

Júlio César – De fato Alexandre Almeida e 3° Via, o que você tem a dizer?

Uerly Queiroz: Eu sempre via o Alexandre ser o candidato, e ele sempre pregava que seria o Jaconias, um nome que se mantéu forte neste movimento, mas o que enxergamos é que o Alexandre, não é esta alternativa pra Timon. Ele já vem do grupo da prefeita, e com certeza ele vai estar  provavelmente costurando uma aliança com este grupo que aí está, e breve vai se tornar o candidato da Professora Socorro Waquim. Por isso Alexandre não representa o novo, ele já vem deste projeto, e o que ela vai fazer é retornar a este projeto. Na verdade não há dentro da candidatura do Alexandre uma mudança real.

Uerly dos Santo Queiroz é Mãe e filha Timonense nata desde os quatro anos de idade, que reside no Município. E filiada ao PT partido dos trabalhadores desde 94, é professora Educadora e mais uma que ver os descasos da Cidade de Timon – MA.

 

APOIO CULTURAL

 

 

 

 

 

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post.

Deixe um comentário

*


Publicidade