1:49 pm - sábado outubro 5, 9467

Maranhão: Péssimo exemplo, Prefeita rica, Educação pobre

A prefeita da cidade de Brejo de Areia, também entrou no mesmo barco de prefeitos corruptos do Maranhão.

Se as evoluções patrimoniais dos prefeitos maranhenses tivessem os mesmos índices de saúde e educação, que tanto cresce neste Brasil, os municípios seriam verdadeiros paraísos na terra.

 

Infelizmente não é isso o que acontece. Vejamos o exemplo de Brejo de Areia. Lá a prefeita é a senhora Ludmila Almeida (PV), eleita pela circunstância de que o marido Dr. Miranda, é ficha-suja. Na impossibilidade de ser candidato, colocou a mulher.

Isso se torna exemplo concreto em varias cidades do Maranhão.

Conforme dados da fonte, essa administração pífia, Ludmila é candidata à reeleição. O povo da cidade deve reelegê-la, segundo as pesquisas. Há três possibilidades a se considerar: os candidatos de oposição são “peça rara” ou são muito despreparados ou ainda, o povo gosta desse tipo de administração.

O portal O Imparcial comparou números de alguns prefeitos.

Estabeleceu uma relação entre a evolução patrimonial e os índices do IDEB(indicador que avalia a qualidade educacional combinando informações de desempenho em exames padronizados (Prova Brasil ou Saeb), com informações sobre rendimento escolar

Em Brejo de Areia, a prefeita Ludmila, do PV, conseguiu, por pouco, superar a meta do IDEB em 2009.

Mas no restante dos anos ficou abaixo do esperado. Hoje, com um patrimônio de R$ 343.910,87 – crescimento pequeno se comparado aos R$ 291.700,98 de 2008 e aos demais prefeitos. Isso sim é uma verdadeira Corrupção no Maranhão, por isso este Estado estar pobre demais.

fonte: Portal Impacial

Redação: movimentoperiferico_@hotmail.com

radialistajuliocesar12_@hotmail.com

(86) 8879-4021

Arquivado em: Eleições 2012, Geral, Política, Radialista Júlio César, Vitrine

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário

*