5:57 am - segunda-feira setembro 9, 2013

Maranhão: Capitulo de quem vive da política

Muitos já conhecem o ditado, na política se vive o momento, não se vive da política.

Você vai acompanhar o capitulo desta novela; duas pessoas que vivem da política e não se esqueceram de viver o momento…

Parte 01

Ducivan Meneses Pontes, mais conhecido como Pinto, sofre no ultimo dia 8, durante a noite  uma tentativa de homicídio. Ele é irmão de Ducilene Pontes, a Belezinha (PRB), que foi eleita prefeita de Chapadinha.

Segundo informações, Pinto estava com os amigos em um bar comemorando a vitória de Belezinha, quando um homem identificado como Osman, vulgo Capa Garrote, saiu de sua residência e disparou um foguete na direção da vitima.

Insatisfeito, o meliante pegou uma espingarda bate-bucha e disparou contra o irmão da prefeita, atingindo-o no peito. Ele sofreu algumas lesões, mas passa bem.

Parte 02

Osman Douro de Almeida, mais conhecido como Capa-Garrote, se posicionou sobre o que aconteceu entre ele e Ducivan Meneses Pontes, conhecido como Pinto, irmão da prefeita eleita de Chapadinha, Ducilene Belezinha (PRB).

Capa-Garrote, que trabalha como vigilante na Escola Alexandre Costa, contou uma nova versão sobre o episódio em que o irmão de Belezinha o acusou de tentativa de homicídio.

Ele disse que estava em sua residência quando Pinto que estava em um bar com alguns amigos comemorando a vitória da irmã, disparou vários foguetes na direção da sua casa com objetivo de fazer provocações.

Segundo o vigilante, o irmão de Belezinha estava em estado eufórico e sob muito efeito de álcool. Ele disse ainda, que teria advertido Pinto para que não soltasse mais foguete contra sua residência. Mas o irmão de Belezinha continuou soltando rajadas de foguetes em direção à sua casa.

Para se defender, Osman confessou que pegou um foguete e disparou em direção ao bar onde Pinto estava. Foi o bastante para o irmão de Belezinha pegar a arma e dispar 4 tiros contra a casa do vigilante, segundo ele relatou no Boletim de Ocorrência.

Um dos tiros, conforme aparece nas imagens, acertou a placa com a imagem do deputado Magno Bacelar, que estava concorrendo ao cargo de prefeito de Chapadinha.

Nas imagens, o vigilante mostra que um dos tiros acertou na parede de sua casa, onde, segundo ele, quase acerta a sua esposa que estava na companhia dos filhos.

A fonte nos repassou que o apurou que um inquérito policial foi aberto e que Osman e Pinto serão chamados para esclarecer o caso para que a polícia tome as medidas cabíveis para solucionar o ocorrido.

Redação: radialistajuliocesar12_@hotmail.com

Movimentoperiferico_@hotmail.com

(86) 8879-4021

 

Arquivado em: Eleições 2012, Vitrine

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário

*