12:45 pm - sábado outubro 19, 2013

Em Timon mais um protesto da população, quem é o culpado?

Equipes da prefeitura já visitaram o local, a minoria reivindica por melhorias que foram promessas do passado. Como a população se baseou na antiga manifestação que aconteceu na Avenida Tiúba, alguns moradores movidos a politica, resolveram bloquear a Avenida Luís Firmino de Sousa.

Uma herança do passado que se tornou um caso de saúde pública.DSCF4988-543x306

O que se nota na verdade é um povo que aos poucos vem se prejudicando com tanta poeira e as promessas de campanha politicas ainda não foram resolvidas.poeira

As denuncias sobre as terríveis poeiras já aviam sido denunciada por este meio de comunicação, VEJA; obra-enganosa-faz-o-povo-adoecer-com-tanta-poeira/

E está justamente aí a confusão.

Parece que um joga para outro, uma verba do governo federal através de emenda do Deputado Sétimo.

Mais fica a pergunta; a obra deve ser executada pelo estado ou pela gestão municipal?poeira1

Alguns meses atrás Júlio César do portalTimonfm, já avia denunciado este descaso da poeira da Avenida Luís Firmino de Sousa que já vinha prejudicando muitas pessoas do Residencial Júlia Almeida, VEJA;

trecho-do-ifma-ate-julia-almeida-sera-asfaltado-e-como-fica-o-restante/

CODEVASF através do governo Federal estava investindo neste trecho que liga ( Avenida Luiz Firmino de Sousa)BR 226 AO KM 89, com um total de 12,5 KM.
Depois de receber toda a avaliação técnica, a Avenida Luís Firmino de Sousa, no trecho que compreende a Rua 05 até o Residencial Júlio Almeida, receberá nos próximos dias a primeira etapa do pavimento asfáltico. Isso obedecendo uma parte da emenda do Deputado Sétimo Waquim.codevasf

A obra é da CODEVASF e do Governo Federal, mais a emeda é do Deputado Federal Sétimo Waquim, que é liberada pelo o Governo do Estado e será executada pela Prefeitura de Timon, por meio da Secretaria de Infraestrutura.

A avenida, que é o principal percurso para estudantes e profissionais de educação do IFMA – Instituto Federal do Maranhão receberá 6.000m² de novo pavimento.

Mais onde foi parar o valor estimado na época que chegou a 1.444,271, 20 centavos, para que pudesse ser recuperada a Avenida Luís Firmino de Sousa e interligar aos meados da BR226, KL 89?

 

 

Arquivado em: Geral, Maranhão

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário

*