4:52 pm - quarta-feira julho 1, 2015

Derrota da Beija-Flor contrariou os planos de Roseana e salvou os maranhenses

A apuração do Carnaval do Rio de Janeiro terminou com a vitória da escola de samba Unidos da Tijuca, que levou ao sambódromo carioca enredo em homenagem a Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. Enquanto os fãs da Unidos da Tijuca comemoram o terceiro campeonato, os contribuintes do Maranhão lamentam a fortuna investida pela governadora Roseana Sarney na Beija-Flor de Nilópolis, que entrou na Avenida Marquês de Sapucaí a reboque de enredo em homenagem ao quarto centenário da fundação de São Luís, capital do mais miserável estado da federação.

Em qualquer lugar do planeta, R$ 9,5 milhões é dinheiro suficiente para garantir a aposentadoria de muitos mortais, mas para Roseana Sarney, integrante do clã que há cinco décadas governa o Maranhão com absolutismo, o investimento foi importante para espalhar a cultura maranhense pelo mundo.

O fracasso da Beija-Flor no Carnaval do Rio foi um presente que os jurados deram aos maranhenses, pois um eventual triunfo da escola de samba de Nilópolis daria à governadora Roseana munição extra para as eleições municipais de outubro próximo, quando a filha do presidente do Senado Federal, José Sarney, tentará emplacar um de seus apaniguados políticos no trono ludovicense.

Dias antes do início do Carnaval, Roseana Sarney tentou, em vão, justificar o milionário investimento. “Nosso objetivo é fortalecer o Carnaval e a cultura maranhense. Apoiar o desfile da Beija-Flor é uma maneira de ampliar a divulgação da cultura, das belezas e riquezas do nosso estado para todo o país, com a expectativa de atrair renda e emprego através do fortalecimento do turismo. A partir dessa iniciativa, os próximos carnavais deverão ser ainda mais empolgantes, com nossas brincadeiras tradicionais ganhando destaque e se consolidando no cenário nacional”, declarou a nada convincente governadora.

Na verdade, o dinheiro dado à Beija-Flor, que terminou em quarto lugar no Carnaval do Rio, foi uma tentativa de incensar a própria Roseana Sarney.

Do Blog do John Cutrim

 

Arquivado em: Geral

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário

*