1:01 pm - sábado outubro 19, 2013

Comemoração discreta

Luis Fernando ladeado por Lobão e Roseana

(Luís Fernando ladeado por Lobão e Roseana)

Nem Luís Fernando Silva nem a governadora Roseana Sarney nem o PMDB manifestou qualquer preocupação com a pesquisa do instituto Amostragem, publicada ontem num jornal local, sobre a corrida sucessória no Maranhão e apontando o pré-candidato do (PCdoB), Flávio Dino, com larga vantagem sobre o pré-candidato do PMDB e demais postulantes.

Ao contrário, todos esboçaram discreta euforia. O motivo é simples. Flávio Dino tem perdido terreno a cada pesquisa, que demonstra não ser ele um candidato com a consistência que seus partidários apregoam.

Sua vantagem sobre os demais pré-candidatos já foi bem maior, e à medida que os outros nomes vão se consolidando, o cacife do comunista perde peso e densidade. O secretário estadual de Infraestrutura, Luís Fernando Silva, que há menos de um mês era apenas uma das opções do grupo, saiu de uma tímida posição de 7% e já aparece como o segundo colocado com 16% das intenções de voto.

No ato em que foi definida sua candidatura, a governadora Roseana Sarney disse que sua expectativa era a de que Luís Fernando chegasse ao final dezembro com 20%. Os 16 pontos percentuais encontrados pela pesquisa do Amostragem superam expressivamente a expectativa da governadora. Luís Fernando Silva sabe onde pode chegar e não manifesta preocupação com adversários no momento. Seu projeto é continuar trabalhando para consumar os projetos em andamento sob a responsabilidade da Secretaria de Infraestrutura. Um deles é interligar todas as cidades do Maranhão por asfalto – faltam só 13. Vale aguardar o que dirão as próximas pesquisas.

Da coluna Estado Maior, de O Estado do Maranhão

Arquivado em: Geral, Maranhão, Política

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário

*